Festival Música Estranha chega a sua quinta edição consolidando um espaço para a música experimental em São Paulo

.

O 5º Festival Música Estranha acontece entre 22 e 26 de novembro de 2017, em diversos pontos de São Paulo. Com a proposta de destacar o trabalho de artistas inquietos, que correm riscos, exploram novos caminhos e abordagens musicais, que transitam entre gêneros e linguagens distintas para expandir os limites da criação, interpretação e fruição na música que experimental.

 

O repertório é composto por uma extensa gama de estilos musicais, desde a música clássica contemporânea, eletroacústica, eletrônica, pop experimental, instalações e intervenções sonoras até trabalhos situados entre linguagens artísticas, como live-cinema, poesia, dança e outras expressões. Entre os destaques desta edição: o percussionista brasileiro radicado nos Estados Unidos Cyro Baptista, a artista vocal, compositora, improvisadora alemã Ute Wassermann, que trabalhará em dupla com o suíço radicado no Brasil Thomas Rohrer e o ensemble dinamarquês We Like We que fará uma residência artística com o grupo brasileiro Mawaca, além de concerto solo.

 

Desde 2013 o Festival trabalha o meLAB - Laboratório Música Estranha composto por residências, linhas de fomento e atividades formativas com o objetivo de mapear e estimular a circulação e a criação entre artistas em rede, dando visibilidade para trabalhos não usuais, marcadas pela experimentação e pelo risco. Este ano foram lançadas três chamadas dívidas em:  Artivismo, Mulheres Criadoras e Showcases.

 

Desde 2014 o Festival oferece o Música Estranhinha, uma seleção de oficinas voltadas ao público infantil. Neste ano foi escolhida a Estação Áudio-Tilt-Mirim, uma instalação de arte, ciência e tecnologia, com uma proposta de instalações interativas  e educativas que trabalham a relação do universo sonoro com tecnologia, arte e ciência explorando cognição, sentidos, percepção e capacidades criativas. As crianças são convidadas a participar de dinâmicas ministradas por artistas, músicos e mediadores com o intuito de incentivar formas de interação musical não habituais entre as crianças, introduzindo-as ao universo da criação sonora interdisciplinar e expandida.

 

Já se apresentaram em edições anteriores artistas internacionais como Gabriel Prokofiev (Reino Unido), Joby Burgess (Reino Unido), Ivan Ilic ́(EUA/Sérvia), Marc Tritschler (Alemanha), Hans Beckers (Bélgica), Abraxas (Estados Unidos), Flat Earth Society (Bélgica), Los Pirañas (Colômbia) e brasileiros como Pedro Bittencourt, Ensemble Camará, Daniel Murray, Mauro Brucoli, Romulo Fróes, Os Mulheres Negras, entre outros.

 

O V Festival Música Estranha é uma realização da ÁguaForte Produções e tem direção artística e curadoria do compositor e produtor musical Thiago Cury, que desde 2006, desenvolve projetos culturais especiais produzindo mostras, concertos, gravações, discos e publicações de partituras. Atuou como consultor musical no Ministério da Cultura e foi diretor do Centro de Música na Fundação Nacional de Artes-FUNARTE. Participa ativamente de conferências, festivais e mercados de música no Brasil e no mundo como curador, palestrante, consultor ou representando seu selo e editora. Thiago é formado em Composição pela Universidade de São Paulo (USP).

© 2013 - 2017 by Musica Estranha

  • Black Twitter Icon
  • Black Instagram Icon
  • Black Facebook Icon